Os melhores tipos de grama sintética para jardim e futebol!

A grama sintética vêm ganhando cada vez mais espaço no mundo moderno. Seja nos jardins da nossa casa, em um campo de futebol ou até mesmo nas praças públicas onde passeamos. Mas, quais são os melhores tipos de grama sintética para se usar?

Essa é uma pergunta bastante relativa, que dificilmente conseguimos responder com uma única afirmação, pois para cada tipo de atividade os tipos de grama sintética podem variar, inclusive do jardim para os campos de futebol.

Pensando nisso, separamos neste artigo algumas curiosidades sobre os tipos de grama sintética existente, e quais deles são mais ideais para jardins, bem como, quais são mais ideais para quadras de society.

Principais vantagens da grama sintética

Antes de falar propriamente dos tipos de grama sintética para jardins e campos de futebol, vamos falar primeiramente das suas vantagens.

Muitas pessoas, têm dúvida quanto à substituição da grama natural pela grama sintética. Mas, afinal, vale a pena utilizar a grama sintética? Ela é realmente mais resistente que a grama artificial? Sua manutenção é mais alta ou mais baixa?

A grama sintética pode substituir a grama natural em qualquer ocasião, sendo que o contrário nem sempre é possível.

Uma das principais vantagens da grama sintética é que ela é bastante resistente tanto à chuva quanto ao sol, não sofrendo alterações de cor no decorrer do tempo.

A sua manutenção é bem mais barata, o que representa economia e praticidade, bastando apenas para manter o gramado impecável, varrer o gramado, ou passar um pano macio para remover as sujeiras menores e mais resistentes.

A grama sintética também apresenta vantagens na sua aplicabilidade. Pois além dos jardins externos, ela pode perfeitamente ser usada em ambiente interno, inclusive dentro de quartos e banheiros.

Parece até surreal, não é mesmo? Mas, os projetos de arquitetura mais moderno, já estão contando com grama sintética dentro de casa, o que deixa o ambiente muito mais agradável para as pessoas.

Instalação e durabilidade da grama sintética

Uma outra dúvida que muitas pessoas acabam tendo antes de escolher entre a grama natural e a sintética é a instalação e durabilidade desta última.

Esse é um outro ponto positivo da grama sintética. Pois, além de apresentar uma durabilidade bastante grande é muito fácil de ser instalada.

Por esse motivo, caso queira, você mesmo pode fazer a instalação da grama sintética, ou se preferir pode optar por contratar um profissional, que certamente cobrará menos do que se fosse instalar gramas naturais.

O tempo de vida útil do gramado sintético é bastante longo, bastando que você faça sua correta manutenção.

O tempo estimado de duração para que permaneça com seu formato original e verdinho é de aproximadamente cinco anos, sendo que após esse período o gramado começa apresentar algum desgaste.

Contudo é importante salientar que, para o gramado manter as suas características por mais tempo, depende exclusivamente da correta manutenção que você irá empregar nele.

E quando o mesmo simplesmente estiver bastante deteriorado, basta apenas substituí-lo por um gramado mais novo e pronto, estará sempre verdinho e bonito, com um custo que cabe no seu bolso.

Melhores tipos de grama sintética para jardins e quadras society

Agora que já falamos um pouco sobre as principais vantagens da grama sintética, vamos entender melhor quais são melhores para cada caso.

Para a prática de esportes, como no caso o futebol, a grama sintética ideal é a Grama Sintética 15mm – crimp, pois ela possui fios retorcidos que geram melhor desempenho para a prática de atividades esportivas.

No entanto, nada impede que esse tipo de grama possa ser utilizada em seu jardim, todavia, não é exatamente o tipo de grama ideal para essa finalidade.

Já a grama sintética de 12 mm – fibrilada é bastante utilizada tanto em jardins quanto em playgrounds por ser um tipo de grama bastante versátil.

Sendo fibrilada, esse tipo de grama possui um visual bastante agradável, pois por ter fios menores, é bastante notório sua delicadeza se comparado ao tipo anterior.

A grama sintética de 20 mm – fita plana, tem fios completamente lisos, e por não possuir rotação também possui um visual bastante agradável. 

Sendo maior que as duas primeiras, possui uma estética mais requintada, podendo ser utilizada tanto em ambientes internos quanto externos.

Por fim, a grama sintética de 30 mm bicolor é a que mais se assemelha à grama natural. Seus fios grandes possibilitam à ela possuir duas tonalidades de verde, uma mais escura e uma mais clara.

Para quem deseja plantar a grama sintética em quintais ou áreas externas esse tipo de grama é bastante indicado, pois produz um efeito bastante parecido com a grama natural, confundindo inclusive quem conhece gramas.

Instalando a grama sintética em seu Jardim

Falamos acima sobre os principais tipos de grama sintética para Jardim e para uma quadra society. Entretanto, algumas dúvidas podem surgir.

Uma delas é em relação ao desnível do terreno. Muitas pessoas acreditam que para ser plantada a grama sintética precisa ser plantada em terrenos planos. Esse é um mito, e as gramas sintéticas podem ser plantadas em qualquer tipo de terreno.

Uma outra dúvida em relação ao solo. É importante esclarecer que o gramado artificial não impermeabiliza o solo, permitindo dessa maneira, a passagem de líquidos por ele.

Um outro ponto positivo é que a grama artificial possui proteção contra fogo, evitando que este se alastre em caso de incêndios. E como você já deve ter presumido, o material é altamente resistente, podendo ficar exposto tanto ao sol quanto à chuva.

E para tratar e deixar a grama sempre limpinha e bonita, basta apenas água, sabão neutro e um pano macio capaz de secá-la. Pronto. Ela ficará sempre verdinha.

Como você pode observar neste artigo, as vantagens da grama sintética realmente são inúmeras, e por isso muitas pessoas atualmente estão optando pela sua aplicação, tanto para jardins quanto para campos de futebol.

Agora que você já sabe tudo sobre os tipos de grama sintética e quais são as mais indicadas para cada ocasião, mãos à obra!

Read More